Daily Archives: 28 de Abril de 2018

O que se esconde por trás das dietas detox?

Published by:

Estão de moda, ao igual que anteriormente estiveram dietas pelo estilo. E é que as dietas de desintoxicação, ganharam grande popularidade nos últimos tempos, a raiz de seus supostos “milagrosos” resultados que ajudam a alcançar. Quando nos colocamos a comer até em cima, tratamos de buscar resultados rápidos, e este tipo de produtos alimentares que se apresentam diante de nós, como uma alternativa mais do que viável.


Realmente, a ideia de encontrar alternativas interessantes que nos sirvam para conseguir eliminar os quilos ganhos, e de tentar depurar as toxinas ingeridas. Mas, às vezes, nos deixamos fazer a ligação por falsas acusações que prometem resultados que não são tão milagrosos como parecem.



Havendo um número cada vez mais crescente de dietas ultrarápidas que nos ajudam a perder peso de forma milagrosa, a gente as utiliza como recurso desesperado. Mas, nesta linha, as dietas de desintoxicação jogam com um medo atual, que é o da desintoxicação de uma série de agentes nocivos que podemos colocar em nosso corpo, como o álcool, o açúcar ou a gordura.


Você pode, que o conceito de dietas de desintoxicação seja o mais lógico do mundo, mas não é verdade. Já que, não só é uma dieta de desintoxicação não nos ajudará a melhorar a nossa saúde, mas é possível que nos deixe pior que como estamos pela carência a que nos submete.


O que eles realmente fazem as dietas detox?


O conceito de desintoxicação, tem dois tipos de leituras diferentes. Uma delas, é adequada e totalmente respeitável. E a outra, a uma perversão do termo.


A que tem uma leitura mais adequada, faz referência ao tratamento médico de pessoas que têm algum tipo de adição. O outro conceito, refere-se a um tratamento que ajuda a vender um tratamento questionável, o que indica que livra de toxinas do nosso corpo.


O curioso é que se o nível de toxinas que existem no nosso corpo fosse alto, o mais provável é que morramos. O corpo humano, quando funciona adequadamente, tem seus mecanismos para eliminar a toxicidade acumulada. Neste sentido, são o fígado, os rins, e até mesmo a pele de algum dos elementos que nos ajudam a se desvincular de elementos nocivos.


Por isso, qualquer pessoa que tente aproveitar os perversão do conceito de desintoxicação, está mal informando. E, se está se aproveitando de um argumento falso, revestida de lógica, que pode contratar pessoas cujo conhecimento do mundo da saúde e da nutrição não seja particularmente elevado.


Os batidos de desintoxicação e sua suposta magia


Os famosos shakes desintoxicação, são uma das ferramentas de marketing mais poderosas que têm este tipo de dieta. Feitos à base de vegetais, que você pode adicionar uma série de ingredientes bastante exóticos, são uma bomba comercial incrível. Ajudam a atrair muita gente, por isso práticos que são, e pela alta eficiência do que prometem.


O curioso é que além disso, este tipo de shakes são muito caros para os ingredientes que incluem. Um batido de aipo, maçã e chá verde não pode custar cerca de 30€, em alguns casos. Mas claro, se lhe diz que essa combinação de nutrientes, te ajudará a eliminar as toxinas, e para impulsionar o seu metabolismo em um tempo recorde, não é de estranhar que muita gente caia em suas redes.


Mas, não é de estranhar, nesse sentido, que a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar, acaba de detectar que o uso deste tipo de shakes pode ser perigoso. Fizeram um relatório no qual se destaca uma série de possíveis perigos por usar um uso combinado de determinados produtos. A razão é que podemos causar um excesso de ácido oxálico, se abusamos dos batidos verdes (baseados em espinafre, alface, brócolis, aipo e outros).


Não obstante, um dos melhores exemplos é o espinafre. Trata-Se de um alimento que contém grandes quantidades de ácido oxálico. O problema não está em consumir espinafre, mas em fazê-lo em meu elevadas quantidades. Porque, sem perceber, em um milk-shake, podemos tomar 8 vezes a quantidade de ácido oxálico, que em uma salada. É o problema de beber e não de consumí-lo.


Conclusões


Como podemos ver, o problema não reside em que os alimentos que inclui uma dessas dietas detox é ruim, em absoluto. O problema é a combinação dos mesmos em alguns casos, e, muito especialmente, no que se nos promete algo que é totalmente falso. Neste caso, sim, é que podemos ser hipotético, e não ser cautelosos quanto à interpretação dos dados. Explore o uso também de DETOPHYLL, vai te ajudar muito.